4 de jan de 2014

Abrindo os trabalhos de 2014

Seja bem vindo 2014.

O mais inusitado início de ano que tivemos nos últimos tempos, nos trouxe uma linda lição.
Certamente será essa a máxima que norteará o nosso ano todinho e com um pouquinho de sorte, servirá para você também, que com tanta atenção nos acompanha por aqui.

Em seu coração o homem planeja o seu caminho, mas o Senhor determina os seus passos.
Provérbios 16:9
"Em seu coração o homem planeja o seu caminho, mas o Senhor determina os seus passos."
Provérbios 16:09

Nos últimos tempos (já faz um bom tempo) todos os nossos planos milimetricamente traçados, foram por água a baixo. E por esse motivoá... Já choramos, já descabelamos, apelamos para planos alternativos, refizemos rotas... Enfim, gastamos nossa energia para manter as coisas sob controle.

Sabe aquela "Síndrome do Coyote do Papaléguas"? A sensação de ver os planos caindo por terra mesmo após uma etapa bem arquitetada pensando e calculando tudo?
Pensa na deprê... Pensa na vontade de sentar e chorar... Pensa na vontade de desistir, de murmurar, de cortar cabeças... Pensa na vontade de procurar uma benzedeira (ops... isso não #brincadeira) Pensa no desânimo e no sentimento de incapacidade.

Pode parecer meio dramático, mas não tem como não ser... Ainda mais depois de uma sucessão de falhas e de sermos obrigados a mudar a rota toda a vez que vemos nossos planos falhar.

O que temos a nosso favor é a possibilidade de aprender lições valiosas que nos colocam no rumo outra vez.
Que sentar e chorar que nada... Que deprê, que desanimo que nada... Temos a obrigação de levar vantagem mesmo nas situações mais adversas.
Assim... Aprendemos nossa lição com toda humildade e nos colocamos em pé novamente. Afinal de contas não é qualquer coisa que vai nos derrubar.

A possibilidade de escolha está sempre diante de nós.

Escolher sentar e chorar versus levantar e fazer história.
Escolher entrar em depressão versus usar a pressão a seu favor.
Escolher viver uma eterna Síndrome de Coyote versus aprender lições e alterar o curso das coisas.
Escolher o milindre versus dar risada na cara da adversidade.
Escolher sentir pena de si mesmo versus dar a volta por cima (e sambar na cara do problema).

Enfim... Minha lição para esse início de ano não é nova. Apenas digo (nem precisa ser profeta pra dizer) que nem tudo na vida vai dar certo, dificuldades virão, alguns planos vão falhar, etc.

Mas bola pra frente.

Façamos das adversidades de 2014 o cenário das nossas maiores aventuras.
Pode vir 2014, estamos preparados!


Em seu coração o homem planeja o seu caminho, mas o Senhor determina os seus passos.
Provérbios 16:9

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...